O Mel é um superalimento

You are currently viewing O Mel é um superalimento
artigo sobre as características do mel como um superalimento

O mel é um superalimento: conheça os seus benefícios

O mel é considerado um superalimento por conta de sua riqueza em vitaminas, minerais e antioxidantes. Mostraremos a seguir por que o mel pode ser uma ótima escolha para melhorar a sua dieta.

O que são os superalimentos?

Superalimentos são aqueles naturais ricos em vitaminas, fibras, minerais e outros nutrientes que só fazem bem à saúde.

Assim, quando adicionados a uma dieta equilibrada, os superalimentos como o mel fornecem ao corpo nutrientes importantes. Dessa forma, esses nutrientes ajudam, por exemplo, a prevenir doenças crônicas e alergias. Do mesmo modo, podem melhorar o desempenho do sistema imunológico.

Por que o mel é considerado um superalimento?

O mel é considerado um superalimento porque contém uma variedade de vitaminas, minerais e antioxidantes. Em síntese os antioxidantes ajudam a prevenir os radicais livres no organismo. Estes radicais livres são resultado de reações bioquímicas no corpo. Entretanto, há também fontes externas de radicais livres como gordura animal e poluição, por exemplo. Sem dúvidas os radicais livres podem danificar as células e prejudicar, por exemplo, a pele.

O mel é baixo em calorias?

Frequentemente, as pessoas associam o mel ao sabor doce. Assim, imaginam que possui alto valor calórico. Pelo contrário, o mel tem 40% menos calorias em relação ao açúcar comum usado no dia a dia. Portanto, pode ser uma boa forma de deixar a refeição mais prazerosa, sem exagerar no consumo energético.

5 Benefícios que o consumo de mel pode trazer

Sendo assim, adicione o mel a uma dieta balanceada. Certamente você poderá aproveitar uma série de benefícios e melhorias na sua saúde.

Conheça abaixo os 5 principais benefícios relacionados a esse superalimento.

1. O mel tem poder anti-inflamatório

Um estudo de 2014 publicado na revista General Medicine mostrou que o mel pode ser benéfico. Com certeza ajuda a tratar infecções no nosso organismo, com a vantagem de não apresentar efeitos colaterais como a maioria dos medicamentos.

2. O mel auxilia no controle da pressão

Como já vimos, o mel possui substâncias antioxidantes, que estão relacionadas à redução da pressão sanguínea. Do mesmo modo, estudos realizados em ratos e em humanos também estabelecem uma relação entre o consumo de mel e uma melhoria no controle da pressão.

3. O mel pode melhorar o colesterol

Altas concentrações do colesterol LDL são consideradas um fator de risco para doenças do coração.

Nesse sentido, uma série de estudos mostra a capacidade do mel em reduzir os níveis do colesterol ruim (LDL). Não somente baixa o colesterol ruim, como contribui para aumentar os níveis do colesterol bom (HDL).

Um estudo de 2008 do ScientificWorldJournal, por exemplo, fez um comparativo do mel com o açúcar refinado comum. Em suma, concluiu-se que a escolha do mel pode reduzir em até 5.8% o colesterol “ruim” (LDL), e aumentar em 3.3% o colesterol bom (HDL).

4. O mel melhora a saúde do coração

O mel é uma fonte rica de fenóis e outros antioxidantes que estão ligados a uma redução no risco de doenças do coração.

Primordialmente, esses componentes podem potencializar a dilatação das artérias e melhorar o fluxo sanguíneo em direção ao coração. Por outro lado os fenóis podem evitar a formação de coágulos, que estão relacionados a ataques cardíacos e derrames.

5. O mel tem efeitos positivos na pele

Por fim, o mel é usado para acelerar a cicatrização de feridas e queimaduras desde o Egito antigo.

Atualmente, uma série de estudos mostra o mel como um dos tratamentos mais eficazes para problemas na pele, incluindo úlceras e feridas em geral.

Além disso, existem várias aplicações estéticas do mel. Desse modo, quando aplicado à pele, traz inúmeros benefícios. A seguir, conheça algumas aplicações estéticas do mel:

  • Máscara facial de hidratação, aplicado puro à pele.
  • Limpeza dos poros, ao ser misturado a óleo de coco.
  • Esfoliante caseiro, quando misturado ao bicarbonato de sódio.

Semelhantemente, a ingestão do mel também é benéfica à saúde da pele. Por sua alta concentração de antioxidantes, o superalimento ajuda a reparar as células danificadas.

Conclusão

O mel está, portanto, relacionado a muitos benefícios para a saúde devido a seus componentes. Certamente quando somado a uma rotina de boa alimentação, atividades físicas moderadas e qualidades do sono, pode ajudar na manutenção de uma boa imunidade. Da mesma maneira contribui para manter a boa saúde do coração, bons níveis de colesterol e pressão sanguínea.

O mel da Coofamel é a escolha perfeita para cuidar da sua saúde. Melhore sua alimentação no dia a dia. Experimente e descubra como o que é saudável pode ser também muito prazeroso!

Deixe um comentário